OFICINA DE ARTESANATO

Objetivos: Trabalhar coordenação motora, função manual, ou seja, desenvolver as habilidades motoras, a criatividade, a expressão e a socialização através de atividades manuais.

 

 

 

 

CULINÁRIA

Objetivos: Despertar o conhecimento, promover independência e autonomia na realização e no preparo de receitas práticas e fáceis, bem como, enfatizar cuidados necessários quanto à correta higienização das mãos; orientar quanto à segurança no preparo dos alimentos e prevenção de acidentes na cozinha; trabalhar coordenação motora ao descascar e cortar os alimentos; explorar os ingredientes e alimentos variados levantando suas características de forma, tamanho, espessura, textura, cor, odor, sabor; trabalhar a comunicação suplementar alternativa (CSA), através da confecção das receitas; alertar para as necessidades de reaproveitamento de embalagens e reciclagem do lixo e quanto à higienização, limpeza e organização do refeitório e dos utensílios utilizados.

 

A.V.D. (ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA)

Objetivos: As atividades de vida diária (AVD’s)  compreendem aquelas atividades que se referem aos cuidados com o nosso corpo e que são fundamentais para o nosso bem estar e sobrevivência básica (alimentação, vestuário, higienização pessoal, mobilidade). O objetivo principal é proporcionar melhora do desempenho funcional, envolvimento e participação nas atividades e ocupações, promovendo autonomia e independência com segurança, resgate de identidade e papéis ocupacionais, através de vivências e treinos das próprias atividades em questão, sendo que, o que determinará a escolha das atividades é o histórico ocupacional e interesse do paciente.

 

TEATRO / MÚSICA

Objetivos: Trabalhar através de atividades em grupo com discussões, danças e dinâmicas, expressão e conscientização corporal, junto à comunicação, interação, memória, concentração e autoestima. As atividades serão criadas e desenvolvidas com os usuários sob a supervisão da equipe da ACESA. Ao final da construção da história cada personagem recebe um roteiro com sua cena escrita com comunicação suplementar e alternativa (CSA), fazendo a interligação com o trabalho desenvolvido no Projeto Tecnologia Assistida – Comunicação Suplementar e/ou Alternativa.

 

 

ASSESSORIA INCLUSÃO ESCOLAR

Objetivos: Desenvolver, treinar e capacitar alunos e professores, orientar quanto ao uso de tecnologia assistiva, equipamentos ou tecnologias adaptadas ou especialmente projetadas para melhorar a funcionalidade da pessoa com deficiência ou mobilidade reduzida. É possível realizar adaptações de materiais escolares específicos como: engrossadores de lápis, tesouras adaptadas, adaptação de mobiliários escolares e adaptações de materiais, como por exemplo, quebra-cabeças e jogos infantis.

O objetivo não é apenas desempenhar o trabalho com pessoas com deficiência ou dificuldade de aprendizagem, mas também realizar orientações para profissionais da escola visando colaborar com o modo do professor lidar com as diferenças, colaborar com a estruturação das atividades pedagógicas através de adaptações adequadas e funcionais, treinamentos sobre comunicação alternativa, acessibilidade, entre outras.

 

ATENÇÃO ÀS FAMÍLIAS (SUPORTE E ORIENTAÇÃO)

Objetivos: O acolhimento / apoio às famílias na ACESA ocorre a partir do momento em que elas procuram a instituição e continua durante toda a permanência do usuário na instituição. O atendimento psicossocial tem como objetivo contribuir para o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários das pessoas com deficiência, proporcionando um espaço em que a pessoa possa ser percebida e considerada para além da sua deficiência e como sujeito de sua história com suas potencialidades e limitações.

 

ATENÇÃO TERAPÊUTICA (ATENDIMENTOS INTERDISCIPLINARES)

Objetivos: Nossa equipe interdisciplinar realiza o estudo de cada caso e posteriormente são realizados atendimentos individuais ou em grupos. Neste estudo priorizamos as demandas trazidas pela pessoa com deficiência, expressas por familiares ou pela própria pessoa com deficiência quando isto é possível. Nossa equipe planeja e realiza Intervenções oportunas, logo, intervenções que caminham ao encontro das possibilidades, solicitações e interesses das pessoas por nós atendidas. Um Plano de Ação é realizado para cada usuário com objetivos claros, atividades condizentes com os objetivos traçados e articulação entre as diferentes áreas. Assim, as áreas de terapia ocupacional, fonoaudiologia, psicologia, fisioterapia, psicopedagogia e assistência social, propõem avaliações e intervenções sempre que o estudo de caso revela demandas específicas a serem trabalhadas por estas especialidades.